O peso da dívida

O surto do novo coronavírus, que causa a infecção respiratória covid-19, reavivou uma velha conhecida do Brasil: a dívida. Ninguém passará incólume por esta crise. As projeções mostram que o endividamento do governo deverá atingir 95% do produto interno bruto (PIB) em 2020, o que representa um incremento de 20 pontos percentuais em relação ao ano passado. Vai faltar dinheiro para investir e estimular a economia. As dívidas das empresas listadas na bolsa de valores brasileira somaram 1 trilhão de reais no primeiro trimestre.

Leia a matéria na íntegra. Clique aqui

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin