Digite sua nova senha abaixo.

News

Construtora Geosonda pede recuperação judicial

Construtora Geosonda pede recuperação judicial

EMPRESA PRESTA SERVIÇOS A GRANDES EMPREITEIRAS E AO SETOR PÚBLICO. COM A CRISE E A LAVA JATO, MUITOS DE SEUS CLIENTES PARARAM OBRAS E FICARAM INADIMPLENTES

São Paulo – A construtora Geosonda, especializada em fundações e rebaixamento de lençol freático, acaba de entrar em processo de recuperação judicial. O pedido de intervenção da Justiça no negócio foi aprovado no dia 10 de novembro.

A empresa, sediada em Cotia, na Grande São Paulo, viu suas receitas e quadro de funcionários caírem pela metade entre o ano passado e este.Ela presta serviços a outras grandes empreiteiras e ao setor público. Com a crise econômica e a Operação Lava Jato, muitos de seus clientes paralisaram obras e ficaram inadimplentes.No ano passado, por exemplo, com dois novos contratos assinados, a Geosonda se endividou para importar um guindaste. Mas o equipamento ficou parado porque o projeto em que ele seria usado foi suspenso.Em maio, o presidente da companhia, Clovis Salioni, chegou a dizer que ela já poderia ser considerada “mais uma empresa de renegociação com bancos do que uma construtora”.Os débitos já somam 57 milhões de reais.A Geosonda tentou agregar ao pedido de recuperação judicial o grupo Salider Empreendimentos Engenharia e Comércio, que também pertence a seus sócios.A Justiça, porém, negou o pedido, alegando que, na verdade, a empresa trata-se de um haras e que não faz parte da cadeia produtiva da construtora e nem tem atividade fim.A Geosonda é assessorada pela Quist Investimentos e pelo escritório DASA Advogados no processo de recuperação judicial. Ambos não quiseram comentar.

EXAME.com entrou em contato com a companhia, que não comentou o caso até a publicação desta matéria.

Fonte

Comentar sobre %s

O seu endereço de e-mail não será publicado.